Home arrow Pernambuco arrow Ilhas de Pernambuco arrow Fernando de Noronha

Fernando de Noronha
Arquipélago de Fernando de Noronha
Certamente as ilhas mais bonitas do país, e as melhores ondas!!! 
 
fernando de noronha, pernambuco, ilha, brazil

Dados Gerais:

Fernando de Noronha é uma região geoeconômica, social e cultural, pertencente ao estado Pernambuco, denominada Distrito Estadual. O arquipélago de Fernando de Noronha é formado por 21 ilhas, ilhotas e rochedos, que totalizam cerca de 26Km² de extensão.

Com uma população de aproximadamente 2.500 habitantes, Fernando de Noronha também é capaz de oferecer uma boa infra-estrutura turística, com diversas opções de passeios e atividades náuticas. para conhecer Fernando de Noronha, devem ser dedicados no mínimo 5 dias, devido à imensa variedade de opções em atividades e passeios.

Apesar do turismo ser a principal atividade econômica da região, este é desenvolvido de forma sustentável, para que seja preservado um dos mais importantes santuários ecológicos do mundo.


Como chegar:

Fernando de Noronha está situado à cerca de 545 Km de Recife (PE), 360 Km de Natal (RN), e 710 Km de Fortaleza (CE). Para chegar a Fernando de Noronha, existem apenas 2 vôos por dia que saem de Recife, e 2 vôos de Natal; pelo mar existem cruzeiros a bordo de navios que chegam entre outubro e fevereiro.

surf fernando de noronha brazilO que fazer:

Além dos diversos passeios disponíveis em Fernando de Noronha, nos quais é possível conhecer a região, com sua riquíssima fauna e flora; O mergulho e o surf são outras atividades bastante comuns em Noronha.

Se você pretente viajar para Fernando de Noronha, leve dinheiro em espécie para poder usufruir dos serviços do arquipélago, pois são poucos os estabelecimentos que aceitam cartões, e os únicos bancos que possuem agência em Fernando Noronha são o Banco Real e o Banco Postal do Bradesco.
 
Foto: Hans Von Manteuffel/Ivaldo Bezerra
 
A temperatura média de Fernando de Noronha é de 28 °C na terra e 26 °C no mar, com períodos de seca (setembro a março) e de chuva (abril a agosto). Os períodos de chuva caracterizam-se por precipitações esporádicas, com sol intenso entre elas.

As piscinas naturais são perfeitas, com uma extensa vida marinha, onde se pode ver peixes, esponjas, algas, moluscos e corais, entre outros, fazem de Fernando de Noronha um dos melhores lugares para o mergulho. No arquipélago também estão três praias consideradas as mais bonitas do Brasil e, entre os meses de novembro a março, possui as melhores praias para surfe do país.
 
 
Principais ilhas

Ilha de Fernando de Noronha: A principal ilha do arquipélago possui 17 km². Possui diversas elevações, como o Morro do Pico (323 m), o Morro do Espinhaço (223 m), o Morro do Francês (195 m), o Alto da Bandeira (160 m), entre outros.
Nesta ilha encontramos diversos sítios históricos, vilas residenciais, e serviços como aeroporto, escola e hospital.
 
Ilha Rata: É a segunda maior ilha, antigamente habitada pelos responsáveis pelo antigo farol quando era necessário manutenção humana. Nela ficam o Pontal da Macaxeira e a Ilha do Lucena, que se transforma em outra ilha nos períodos de maré alta.
 
Ilha do Meio: Situada entre a Ilha Rata e o rochedo Sela Gineta. Sua base é mais estreita que seu topo e as ondas formam cavidades nos paredões com a arrebentação, sendo apreciadas quando costeadas nos passeios marítimos.

Outros pontos: Ilha Rasa, Ilha de São José, Ilha do Cuscuz, Ilha do Lucena, Ilha do Chapéu do Nordeste, Ilha Cabeluda, Ilha do Chapéu do Sueste, Ilha dos Ovos, Ilha Trinta-Réis, Ilhota da Conceição ou do Morro de Fora, Rochedo Sela Gineta, Rochedo Dois Irmãos, Rochedo da Ilha do Frade, Rochedo do Morro do Leão, Rochedo do Morro da Viuvinha e Rochedo das Pedras Secas.
 
 
Praias do Mar de Fora:
    

fernando de noronha pernambuco brazil

Praia do Leão

Seu nome vem de uma grande pedra que lembra um leão-marinho deitado. Considerada uma das três mais belas praias do país, contém a seu lado o Morro da Viuvinha.
 
Suas areias são claras, e as pedras formam piscinas naturais. Contém a presença dos destroços do Forte do Bom Jesus do Leão e seus 13 canhões quase enterrados.
 
Esta é a praia onde mais ocorre a desova de tartarugas, com controle rígido, sendo que em período de desova ninguém pode acessar a praia depois das 18h. (Foto: acervo)
 
 
Ponta das Caracas: Situada entre a Praia do Leão e a Baía do Sueste. Nesta praia existem muitas piscinas naturais em sua ponta rochosa, com peixes coloridos, arraias e cações. Porém, devido ao perigo da descida, o banho está proibido. 
 
 
fernando de noronhaBaía Sueste

A Baía Sudeste é caracterizada por seu mar tranqüilo, esverdeado, com ondas bastante suaves e areias macias e claras.
 
A baía também é considerada uma região histórica, pois abriga as ruínas do Forte de São Joaquim do Sueste. Na Baía sudeste também está localizado o único mangue de ilha oceânica. (Foto: Renata Victor/Cecília e Sá Pereira)
 
 
Fernando de Noronha Praia de Atalaia

O Morro do Frade, no meio do mar, complementa a paisagem paradisíaca. Sua faixa de areia é estreita, onde somente 30 pessoas podem ficar.
 
Esguichos formam-se na maré cheia, subindo a grande alturas. A praia de Atalaia conta ainda com uma grande piscina natural em seus arrecifes descobertos. (Foto: Hans Von Baron) 
 
 
Fernando de Noronha Enseada da Caeira
 
A Enseada da Caeira á caracterizada pela formação de muitas piscinas naturais em meio a dunas, e pela intensa vida marinha da região.
 
Por ser uma enseada bastante íngrime, é necessário tomar bastante cuidado ao caminhar pela região. (Foto: Renata Victor/Cecília e Sá Pereira)
 
 
Buraco da Raquel: Raquel era uma menina portadora de deficiência mental, filha de um dos comandantes militares, que se escondia neste local em momentos de crise. A descida às piscinas naturais não é permitida para preservar as espécies marinhas que lá vivem. Com uma grande pedra à beira-mar.

 

Fernando de Noronha Ponta da Air France

Região histórica, onde franceses se instalaram na década de 20, prestando apoio à aviação. O banho não é permitido, valendo a pena visitar mesmo que seja para contemplar esse lindo espaço.
 
Fica exatamente no ponto onde se encontram o mar-de-dentro e o mar-de-fora. O único forte fora da ilha principal fica aqui, é o Forte de São José do Morro. Neste local é sediada a Associação de Artistas e Artesãos Noronhenses. (Foto: acervo )
 
Praias do Mar de Dentro

 

Fernando de Noronha Baía e Porto de Santo Antônio

Seu ancoradouro natural é utilizado para descarga de embarcações. Há uma embarcação afundada no porto, o navio grego Eleani Sthatathos.
 
Isso faz com que este seja um dos locais mais procurados para mergulho livre. As embarcações de pesca e turismo se abrigam neste ponto. (Foto: Hans Von Baron)
 
 
Praia da Biboca: Apesar de proibida para banhos de mar, é boa para caminhadas na maré seca. Exibe uma magnífica paisagem, abrigando ainda vestígios de naufrágios.
  

Fernando de Noronha Praia do Cachorro

O nome vem de uma antiga fonte de bronze com cara de cachorro que não mais existe.

Há uma bica de água doce, uma piscina natural em pedra e as muralhas do Parque de Sant’Ana. Também ocorrem nesta praia algumas feirinhas típicas da região.
 
 
Praia do Meio: Entre as praias do Cachorro e Conceição, possui um mar de águas calmas, além de piscinas naturais nas pedras. O banho é proibido durante a ressaca. Ainda existe uma interessante pedra, chamada de Pião, pois é grande e está equilibrada em pedras menores.
 
 
Fernando de Noronha Praia da Conceição ou de Italcable
 
Grande praia, localizada na base do Morro do Pico e, por ser de fácil acesso, é muito procurada.

 

Na maré mansa a praia é tranqüila, com um grande trecho de areia rodeado de coqueiros, ótima para banho de mar. Nas marés altas, por sua vez, é bastante utilizada por surfistas nos meses de novembro a março.  (Foto: Ivaldo Bezerra)
 
 
Praia do Boldró: Ótima para o surfe nas marés altas, antigamente era reservada para os americanos. Na maré seca é boa para caminhadas. Abriga ainda o Forte de São Pedro do Boldró, no alto da falésia, com uma extraordinária vista.
 
 

Fernando de Noronha

Praia do Americano

Praia deserta e pequena, era usada antigamente pelos americanos.
 
Suas ondas são fracas e as areias claras e fofas. Até o período militar o acesso a essa praia era proibido. (Foto: Hans Von Baron)


Fernando de Noronha Praia do Bode

Praia calma, com piscinas naturais, tem acesso por um antigo caminho de pedras.
 
Uma grande pedra, a Pedra do Bode, serve como mirante, de onde vale a pena avistar a maravilhosa paisagem local. Porém, de dezembro a março, é considerada ideal para o surfe. (Foto: Hans Von Baron)


Praia da Quixabinha: Entre a Praia do Bode e a Cacimba do Padre, fica esta pequena praia, boa para banhos. Uma bela praia de natureza primitiva.
 
 
Fernando de NoronhaPraia da Cacimba do Padre
 
Aqui fica o famoso Morro Dois Irmãos, que consiste em duas elevações semelhantes dentro d’água. A praia se chamava originalmente Praia da Quixaba, mas, em 1888, a descoberta de água potável por um capelão do presídio fez com que o nome mudasse.
 
No alto, existia a Vila da Quixaba, onde presidiários de mau comportamento eram alojados. Próximo a este local existem destroços de uma das baterias da II Guerra Mundial. De novembro a março, uma das melhores praias do país para surfar. (Foto: Hans Von Baron)


Fernando de NoronhaBaía dos Porcos

Considerada a segunda praia mais bonita do Brasil, essa pequena praia de acesso dificultoso possui várias pedras que formam lindas piscinas naturais, com muitos peixes coloridos.
 
Em frente a ela está o famoso Morro Dois Irmãos. Abriga ainda, no alto, o Forte de São João Baptista dos Dois Irmãos. Excelente para mergulho. (Foto: Renata Victor/Cecília e Sá Pereira)


Fernando de Noronha
Baía do Sancho

Considerada a praia mais bonita do Brasil, uma das poucas que permite que embarcações parem para banho de visitantes, não causando danos aos corais.
 
Suas águas são transparentes e o fundo é de areia, com acesso pelo mar, de barco, pela escadaria encravada em uma fenda na rocha ou escalando pedras a partir da Baía dos Porcos. A falésia acentuada é um mirante natural, de onde se tem uma vista deslumbrante. (Foto: Hans Von Baron)

 

Fernando de Noronha Baía dos Golfinhos ou Enseada do Carreiro de Pedra

Esse local de acasalamento e descanso de golfinhos é uma das maiores atrações de Noronha.

Considerado o maior aquário de golfinhos do mundo, tem acesso proibido, podendo ser visto do alto da baía, no Mirante dos Golfinhos. (Foto: Hans Von Baron)
 
 
Fernando de Noronha
Ponta da Sapata
Ponta da ilha principal, coberta de vegetação nativa e virgem. Um dos lugares preferidos dos mergulhadores, mas não propício para banho.
 
Uma abertura na falésia, chamada de portão, tem o formato do mapa do Brasil, de alguns ângulos. (Foto: Ivaldo Bezerra)


<Anterior